Diretores

Denis Côté

Nasceu em New Brunswick, no Canadá, em 1973. Após estudar cinema, realizou diversos curtas-metragens e trabalhou como crítico. Em 2005, fez sua estreia na direção de longas- metragens com Os Estados Nórdicos, que venceu o Leopardo de Ouro na competição de vídeo do Festival de Locarno. Entre seus trabalhos, estão obras como Elle Veut le Chaos (2008) e Ondulações (2010, 34ª Mostra), ambos vencedores do prêmio de direção em Locarno; Vic+Flo Viram um Urso (2013), vencedor do prêmio Alfred Bauer em Berlim; Boris sans Béatrice (2016), Antologia da Cidade Fantasma (2019) e Higiene Social (2021, 45ª  Mostra), vencedor do prêmio de melhor direção na seção Encontros do Festival de Berlim.

Filmes já exibidos na mostra

  • Ondulação (34ª MOSTRA)