Arquivo

São Jerônimo (1998)

Sobre o filme

O famoso sonho de São Jerônimo é encenado na abertura do filme. Diante de um Tribunal Universal, Jerônimo, amante das belas letras e dos textos clássicos, precisa tomar uma decisão: converter-se ao Cristianismo, tornar-se leitor dedicado e exclusivo das Sagradas Escrituras ou continuar sendo um seguidor da filosofia de Cícero. Ciceroniano ou cristão? A dúvida e a fé duelam em seu sonho. Jerônimo, acompanhado por outros padres, vive no deserto, em um ambiente de agruras e penitência. Conhece Gregório, que o inicia nos trabalhos de recolher, copiar e traduzir os textos sagrados. Esse trabalho o leva até Roma, onde será secretário e consultor de assuntos bíblicos do papa Dâmaso. Junto ao papa, Jerônimo refina seu espírito e aprimora seus conhecimentos, tendo acesso a publicações raras. Com a morte de Dâmaso, Jerônimo volta para o deserto e se coloca em uma tarefa monumental: viver em penitência e criar a Bíblia latina, Vulgata, de onde sairão todas as traduções em línguas românicas do texto sagrado, principal fonte de influência da literatura ocidental.

Ano: 1998

Duração: 79min.

País: Brasil

Cor: Col.

Direção: JÚLIO BRESSANE

Roteiro: Júlio Bressane

Fotografia: José Tadeu

Elenco: Everaldo Pontes, Hamilton Vaz Pereira, Helena Ignez, Bia Nunes, Sílvia Buarque, Balduíno Léllis