Arquivo

O Estado Do Mundo (2007)

Sobre o filme

Seis cineastas, seis olhares sobre o mundo. No cruzamento desses olhares um lugar de reflexão, dinâmico e radicalmente interrogativo. Um lugar de desafio ao futuro. Se for verdade que são seis filmes independentes, cada um deles portador de um olhar único e pessoal, sobre aspectos diversos de pequenas partes do mundo, também é verdade que da visão do seu conjunto, do cruzamento desses olhares, resulta outro olhar, metafórico e forçosamente prospectivo e universal, que encerra em si chaves para a apreensão do estado do mundo atual. Cada um dos seis filmes que compõem o longa tem aproximadamente 15 minutos. São eles: Luminous People – Um grupo de pessoas viaja num barco ao longo do rio Mekong, na fronteira entre Tailândia e Laos. Viajam contra o vento, para antecipar uma despedida. No meio do percurso, a matriarca da família lança cinzas à água; Germano – Depois de vários anos de navegação dentro do belo e sujo barco, Germano e sua tripulação decidem pescar em outras águas. Apesar do casco pequeno e do velho motor, eles navegam rumo alto-mar. Durante a madrugada o motor quebra: era o destino a sinalizar que a pesca artesanal está com os seus dias contados. Germano não se abate, lembra aos demais que, estão todos no Atlântico, e que o mar, é infinito. Mas no dia seguinte, por ironia do destino, quase são atropelados por um imenso petroleiro russo; One Way – Na garagem de um prédio residencial, a rotina diária do porteiro do edifício é pontuada pela narrativa da sua viagem desde as altas montanhas do Nepal até ao planalto de Deccan, na Índia; Brutality Factory – A China moderna. Num dia ensolarado, num estaleiro de construção civil, um complexo industrial está a ser desmantelado. Anoitece. As ruínas das antigas fábricas estão vazias e silenciosas. Surgem os fantasmas, ouvem-se vozes que contam as suas histórias…; Tarrafal – Tarrafal: lugar da ilha de Santiago em Cabo Verde onde, em 1936, Portugal criou uma colônia penal para presos políticos. Ficou conhecido como "Campo da Morte Lenta"; Tombée de nuit sur Shangaï (Avril 2007) – Mais do que sons e mais do que imagens. Sem hierarquia. Mona Lisa lado a lado com um desenho animado e Chopin com a música americana dos anos 70 e 80, numa espécie de prazer ambíguo.

Título original: O Estado Do Mundo

Ano: 2007

Duração: 105 minutos

País: Portugal

Cor: color e P&B, 35mm

Direção: PEDRO COSTAApichatpong WeerasethakulAYISHA ABRAHAMCHANTAL AKERMANVICENTE FERRAZWANG BING

Roteiro: Vários

Fotografia: Vários

Elenco: Vários

Produtor: Luís Correia

Música: Clay Kelton