Arquivo

Amor de Perdição (1978)

Sobre o filme

Adaptação do romance homônimo de Camilo Castelo Branco, um dos grandes escritores românticos portugueses, escrito em 1863. O texto, seguido com extrema precisão, trata do amor impossível entre Simão Botelho e Teresa de Albuquerque, dois jovens pertencentes a famílias nobres e inimigas. O filme discute a transgressão das leis e normas sociais e sua substituição por novos padrões de comportamento criados pelos personagens centrais e que são obedecidas até a morte ou a loucura. O personagem Simão realmente existiu: era um tio do escritor Camilo Castelo Branco. Tanto o tio como o sobrinho viveram histórias românticas complicadas e estiveram presos por causa delas na mesma prisão, no Porto. Foi o filme de abertura da 3ª Mostra.

Título original: Amor de Perdição

Ano: 1978

Duração: 262 minutos

País: Portugal

Cor: color, 35mm

Direção: MANOEL DE OLIVEIRA

Roteiro: Manoel de Oliveira

Fotografia: Manoel Costa e Silva

Elenco: Antônio Sequeira Lopes, Cristina Hauser, Elsa Wallenkamp, António J. Costa, Henrique Viana, Maria Dulce, Ruy Furtado, João César Monteiro

Produtor: Paulo Branco, Henrique do Espírito Santo